Qual o melhor serviço de streaming de música? Episódio de hoje: Rdio

rdio-qual-e-melhor

Música de bolso, na nuvem

Parece que já faz um século desde que a Sony trouxe ao mundo o Walkman e mudou a forma como escutávamos música. Naquela época, um público de todas as idades – jovens, adultos, crianças – criou o saudável hábito de escutar mais música. Em fitas cassete (ou fitas K7, como eram grafadas), colocávamos a trilha sonora de nossos dias.

A tecnologia evoluiu. Veio o CD, veio o MP3 e o mercado foi amadurecendo. As gravadoras tiveram que rebolar para encontrar novamente seu lugar ao sol. E justamente quando parecia não haver mais para onde ir, a evolução mudou de rumo e caminhou para um lugar inevitável: a nuvem.

Serviços na nuvem permitem que você não precise comprar centenas de discos. E melhor: sem que você tenha que recorrer ao download não autorizado de canções, a chamada pirataria, que além de ilegal pode ser bastante prejudicial ao seu computador. Foi aí que surgiram serviços como o Rdio, o Deezer e o Spotify – esse último um gigante americano que está conquistando, aos pouquinhos, o público nacional. Funcionam de forma gratuita com anúncios – ou paga, como uma mensalidade de TV a cabo e dão acesso a uma vasta discoteca.

Como nós adoramos música, vamos aproveitar para explorar nesse espaço cada um desses serviços em um artigo semanal. Começaremos pelo Rdio, o primeiro a nos conquistar, e abordaremos os pontos mais legais de cada rede. Mas, antes de começar, vamos esclarecer: esses serviços são adicionais: não substituem a compra dos seus discos favoritos, aqueles que a gente quer ter na estante.

Rdio

rdio-melhor-streaming

O Rdio – grafado assim mesmo, é rádio sem o “á” – chegou ao Brasil conquistando uma legião de fãs. Além de rodar na web, a partir de navegadores ou ainda aplicativos nativos para Mac e Windows, pode ser levado no bolso graças a um software específico para smartphones (iOS, Android e Windows Phone) e tablets, que abordaremos a seguir.

LEIA TAMBÉM:

Um dos motes do Rdio é que ele é social. Ao mesmo tempo em que isso é excelente, também pode ser uma pedra no sapato para quem não gosta de ter sua vida tão aberta. O Rdio monta sugestões baseadas nas músicas ouvidas por quem você segue (ou seja, seus amigos) e também mostra a quem você segue o que está ouvindo, em tempo real. Se você integrar o serviço ao Facebook, essa exposição vai além (embora nessa parte você possa escolher como configurar) e todo mundo da sua lista de amigos saberá o que você está ouvindo.

Ao entrar para o serviço, você poderá criar suas próprias listas de reprodução – que poderão ser compartilhadas com os amigos (estes poderão editá-las, além de vê-las – se você quiser) ou ser pública para todos verem e seguirem (se preferir, pode ser secreta, escondida dos olhos não autorizados).

E, mais bacana que isso, é a capacidade que o sistema tem de informar músicas parecidas, de sugerir novidades ou mesmo de montar estações de rádio personalizadas de acordo com o seu gosto.

Além das listas, é possível criar uma Coleção, marcando seus discos preferidos e sendo avisado quando aquele artista ou banda que você gosta tiver um novo álbum disponibilizado no Rdio.

Você também pode utilizar o Rdio na sua TV, pois o sistema tem compatibilidade com o Chromecast.

Rdio para viagem

rdio-android-ios

Um dos pontos mais bacanas do Rdio é a possibilidade de sincronização de dados. Ao pagar uma assinatura ilimitada você pode marcar um determinado disco ou faixa para ter esse conteúdo sincronizado com seus dispositivos móveis.

Isso garante que você possa ouvir suas músicas no smartphone ou tablet – mesmo que você esteja desconectado. Ideal para aposentar de vez a biblioteca de MP3 sem esgotar o plano de dados da operadora ou depender do wi-fi para isso.

Outro ponto interessante é que apesar de uma conta de usuário não pode ser usada em dois dispositivos diferentes ao mesmo tempo, você pode, por exemplo, usar seu celular como controle remoto da música que está sendo tocada no seu computador, ou vice-versa. Uma saída bem legal para quem quer mais conforto.

O Rdio em sua versão ilimitada custa R$ 14,90. Mas há uma conta com opção para reprodução apenas na web (nesse caso, esqueça essa parte de sincronizar canções com seu celular) que custa R$ 9,90. E se você pensa em assinar para toda a sua família, há um desconto progressivo de 20% a 50% até o quinto login familiar.

Veja Também

Comentários

Mais Acessados

curta nossa página