Apple anuncia nova linha de produtos e o aguardado iPad mini

Apple anuncia nova linha de produtos e o aguardado iPad mini

A Apple realizou seu aguardado evento onde apresentou novas linhas de produtos que fizeram a fama da empresa. Entre eles, novas versões da linha de notebooks, computadores de mesa e, o lançamento mais aguardado, o novo iPad com tamanho reduzido – ou iPad Mini.

O CEO da empresa, Tim Cook – que assumiu depois que o fundador Steve Jobs faleceu, em outubro de 2011 – abriu o evento comemorando a venda do smartphone iPhone 5, lançamento recente da empresa que em seu primeiro fim de semana quebrou os recordes das versões anteriores com 5 milhões de unidades vendidas.

As novas edições do iPod touch e iPod nano também estão saindo que nem pão quente das prateleiras: foram mais de 3 milhões de vendas dos tocadores portáteis, e a expectativa é que essas vendas explodam com o fim do ano.

O primeiro aparelho anunciado foi a nova geração do Macbook Pro de 13 polegadas, mais leve e mais fino que o anterior. Pesa apenas 1,61kg e mede 1,9 centímetros. Sem unidade óptica, se baseia apenas no leitor/gravador de cartões. Mas, é o primeiro aparelho da linha a vir com uma porta HDMI, ainda que a grande vantagem do notebook seja o fato de que a resolução da tela Retina display chega a 2560 x 1600 pixels, quatro vezes mais resolução que a geração passada e quase o dobro do tamanho de imagem mostrada em uma televisão Full HD. Reduz até 75% na incidência de reflexos, possui webcam HD e vem equipado com um processador i5 ou i7, até 8 GB de memória RAM, memória SSD de 768 GB e 7 horas de bateria (dependendo do uso).

O novo Mac mini, o computador mais econômico vendido pela Apple, com 4 GB de memória RAM, processador dual core ou quad core (Intel Core i5 ou Core i7) e 500 GB de disco rígido. O iMac, carro chefe dos computadores de mesa da empresa chega a sua sétima geração, extremamente fino (5 milímetros) em sua tela, 80% mais fina que a geração anterior, uma espessura surpreendente, principalmente se pensarmos que, atrás da tela está o computador. Outra novidade é o Apple Fusion Drive, uma opção mais rápida que mescla a velocidade das memórias SSD à alta capacidade do disco rígido e que estará presente nos modelos mais poderoso.

A quarta geração do iPad – aparelho que definiu o termo tablet e vendeu mais de 100 milhões de unidades mundialmente desde que foi lançado – chega apenas meio ano após a terceira geração, com processador A6X, de desempenho duas vezes superior ao anterior, inclusive no processamento de imagens e uma bateria de 10 horas de rendimento (dependendo do uso).

iPad Mini

Um dos segredos mais mal guardados dos últimos meses, o iPad mini foi finalmente apresentado. Como você já deve ter percebido pelo nome, é uma versão reduzida do tablet, 23% mais fino e com tela de 7,9 polegadas, além de ser 53% mais leve (308 gramas) que seu “irmão maior”. O processador é mais modesto, um A5 de dois núcleos, mas também possui duas câmeras (traseira com 5 megapixels e frontal FaceTime HD, para vídeochamadas em alta definição), além da conectividade Wi-Fi e o mesmo rendimento estimado de bateria, de 10 horas. E vai ser compatível com todos os aplicativos que já existem para iPad, um ecossistema que possui, além dos aplicativos compatíveis, mais de 275 mil softwares entre ferramentas e games desenvolvidos especificamente para ele.

Com os novos lançamentos, alguns já nas prateleiras internacionais, outros chegando ao mercado nas próximas semanas, a Apple pretende se destacar da concorrência. Os aparelhos anunciados tem potencial, mas será que representarão um crescimento ainda maior da fabricante?

Veja Também

Comentários

Mais Acessados

curta nossa página