Dicas para diminuir os problemas causados pelo ar seco

Por

Adriano Camargo

Quando a umidade do ar baixa, precisamos ligar o sinal de alerta e nos preocuparmos, pois isso pode ser bem prejudicial a nossa saúde. Mas, podemos tomar alguns cuidados para aliviar esse desconforto.

É importante lembrar que tanto a alta quanto a baixa umidade do ar podem levar a doenças, principalmente as respiratórias. Temos que conseguir equilibrar esse nível da umidade, especialmente quando estamos em casa.

Além da parte respiratória, o tempo seco pode causar dores de cabeça, irritações nos olhos, nariz, garganta e pele. Tosse, frequência de coriza e chiado no peito, também podem ser presenciados.

Por isso, alguns cuidados são fundamentais para passar pelo clima seco sem maiores problemas. Preparamos algumas dicas para enfrentar esse período sem reações incômodas.

Beba muita água

Para quem está trabalhando, a presença de uma garrafinha com água para ser ingerida com frequência, durante todo o dia, é essencial. Ela serve para hidratar o corpo, em especial, de idosos e crianças, que sofrem demais nesse período. Sucos naturais, água de coco e uma alimentação com verduras e frutas suculentas também são muito bem-vindas.

Casa limpa

dicas ar seco aspirador pó limpeza

Limpe os cômodos mais vezes e diminua a proliferação de fungos e ácaros

Quanto mais seco o clima, maior é a proliferação de ácaros e fungos. Para evitar isso, será necessária maior periodicidade de limpeza nos cômodos, evitando o acumulo da poeira, que desencadeia problemas respiratórios. Passe um aspirador de pó no chão e depois um pano úmido, não se esquecendo dos móveis.

Ambientes umidificados

Ambientes arejados e umedecidos são essenciais. Os cômodos podem ser umidificados com toalhas molhadas, baldes com água ou umidificadores. O uso do umidificador tem a função de manter o nível da umidade do ar dentro dos padrões, facilitando a respiração. Ele é indicado para locais abafados ou que tenham o uso constante do ar-condicionado.

dicas ar seco umidificador tipos

Com o umidificador você mantém o nível de umidade do ar dentro dos padrões

Eles podem ser classificados em 4 tipos:
Umidificadores centrais: Embutidos em sistemas de aquecimento ou de ar-condicionado;
Umidificadores ultrassônicos: Produzem uma névoa por meio das vibrações ultrassônicas;
Umidificadores evaporativos: Utiliza um ventilador para soprar o ar mais úmido;
Umidificadores vaporizados: Jogam vapor de água no ar.

Vale ressaltar que o umidificador deve ser utilizado com moderação, pois o local não pode ficar úmido demais, o que favorece o crescimento de ácaros, fungos e bactérias. Uma limpeza regular de ventiladores e filtros de ar-condicionado também são importantes.

Para locais mais amplos, com grandes dimensões, como galpões, e locais com muitas pessoas, uma dica é o uso de um Climatizador Evaporativo de ambientes. Além de umidificar o ar, consegue amenizar a temperatura e auxiliar na proteção contra o mofo e bactérias.

climatizador portátil evaporativo ambientes

Ambiente mais fresco e úmido com o climatizador portátil ou evaporativo

Já no ambiente caseiro, o climatizador portátil também é indicado, pois é um jeito rápido de colocar o local mais fresco, retirando a sensação de abafamento, principalmente nos dias mais quentes. Além do fato de poder levá-lo facilmente para os cômodos.

Lubrifique olhos e nariz

O uso de soro fisiológico nas narinas é essencial para diminuir o desconforto no nariz, evite usar apenas água ou soro caseiro. O soro também é indicado para os olhos, evitando a secura e a irritação. Utilize colírios apenas com a prescrição de um especialista.

Cuide da pele

Não deixe a pele de lado, pois ela também é muito afetada com a baixa umidade do ar. Aposte em cremes hidratantes e filtros solares. Nessas épocas, evite banhos muito quentes e demorados e buchas de corpo, que podem ser muito agressivas com a pele.

Lave peças com maior frequência

limpeza roupas cama arejado tapete cortina

Lave suas roupas de cama com mais frequência e não se esqueça da cortina e tapete

As roupas de cama precisam ser limpas com maior frequência, principalmente os lençóis e as fronhas, devido ao fato de acumular o suor, além de ácaros e bactérias, que são prejudiciais à saúde, além da poeira diária, que vai se armazenando junto ao tecido. Também é preciso prestar atenção em cortinas, almofadas e tapetes, executando com maior frequência a limpeza desses objetos.

Viu como é simples! Siga essas dicas e preste mais atenção nos cômodos de sua casa, tendo maior cuidado com a limpeza e a umidificação dos locais, deixando tudo mais agradável, principalmente para o trato respiratório!

Veja Também

Comentários

Mais Acessados

curta nossa página