A Cabana: O filme e o livro | Blog eGlu

A Cabana: um turbilhão de emoções na tela do cinema

Por

Tiago Martins

família do filme a cabana

Uma família que só queria curtir as férias mas acontece uma tragédia

Quando tudo está perdido, sempre existe um caminho. O trecho da música “A Via Láctea”, da banda Legião Urbana, resume bem o que acontece em A Cabana, longa-metragem que chega às telonas no dia 6 de abril e vai fazer com que a gente sinta várias emoções diferentes em pouco mais de duas horas. Mas para entender porque esse trecho da música tem tudo a ver com o filme, é importante darmos uma breve pincelada nos primeiros acontecimentos.

A Tragédia

Tudo começa quando Nan (atriz Radha Mitchell) e Mack Phillips (ator Sam Worthington) resolvem dedicar um dia das férias para levar os três filhos a um camping localizado em uma região montanhosa. Entre pescarias e risadas, uma breve distração e eis que todos se perguntam: “cadê Missy (Megan Charpentier)?” A filha caçula de 6 anos não estava mais no local.

Após buscas intensas das equipes de resgate, Mack é chamado para confirmar o que nenhum pai gostaria: o vestido ensanguentado achado em uma cabana era mesmo de sua filha.

Até esse momento nós já teremos vivenciamos cenas de alegria, angústia, apreensão e tristeza. O filme retrata com grande realismo e competência tudo o que se passa nesse período tão tumultuado na vida da família Phillips. Desesperada, ela busca forças para se reerguer.

Dor sem Fim

Com o passar dos anos, a situação continua complicada no lar dos Phillips, pois o dia a dia é amargo e não apresenta qualquer perspectiva de melhoria. Nada poderia ser feito para trazer de volta a alegria e energia contagiantes da linda garotinha.

Mack é quem fica mais abatido e passa a demonstrar sinais de desânimo a tal ponto de duvidar da fé, do amor e dos sentimentos mais básicos da vida. Todos a sua volta tentam reanimá-lo, mas ele não se conforma com a morte da filha.

Quando a gente acredita que já passou por fortes emoções nessa incrível trama, prepare-se! Porque ainda tem muito filme pela frente com cenas recheadas de novas sensações e aprendizados.

Mensagem divina

filme a cabana atores octavia spencer sam worthington

Mack conversa com Papai. Ajuda divina traz novo sentido à vida

Há quem diga que a vida nos dá sinais, basta estarmos atentos a eles e aproveitarmos da melhor maneira possível. O que estava acontecendo com Mack era um pesadelo interminável e ele não conseguia ver uma luz no fim do túnel. Mas…

Um certo dia, ele recebeu uma carta misteriosa que o convidava para voltar ao local que deu início à sua grande tristeza. Isso mesmo, a cabana! Muitas pessoas podem dizer que seria uma loucura, um ato de desespero de sua parte, já que não fazia nenhum sentido voltar lá. Pra que reviver aquele dia tão triste e traumatizante, depois de tanto tempo?

Porém, Mack não viu por esse lado, pois acreditava que essa novidade poderia lhe fazer bem. Era como se ele pressentisse alguma coisa que estava por vir, algo que faria uma grande diferença em sua vida.

Ao voltar à cabana, ele conhece Papai (Octavia Spencer), uma mulher que tem um brilho especial no olhar. Ela demonstra saber de tudo que Mack vinha passando, inclusive o ocorrido com sua filha Missy. Através desse encontro, o pai da garotinha se depara com verdades significativas que transformam o seu entendimento sobre a tragédia, mudando sua vida para sempre!

Daí em diante surgem personagens que orientam Mack com mensagens divinas, tranquilizando-o e trazendo à tona a serenidade e sabedoria necessárias para encarar de frente todas as dificuldades.

É nesse ponto que a música da Legião Urbana faz todo sentido, porque o protagonista vê que “sempre existe um caminho”. Esse é um dos aprendizados que ele e todos nós espectadores podemos ter em A Cabana.

Atriz Alice Braga faz parte do elenco de A Cabana

 filme a cabana alice braga sophia sabedoria

Brasileira Alice Braga interpreta Sophia, a Sabedoria

Paralelamente ao crescimento da indústria cinematográfica do Brasil, que abre espaço para mais profissionais atuarem, vemos que nossos atores também se destacam em produções internacionais. Como é o caso de Alice Braga, atriz que já esteve em cartaz em outros filmes estrangeiros, como os de ficção científica Eu Sou a Lenda” e “Predadores”, e agora podemos curtir todo seu talento em A Cabana.

Na trama, ela vive Sophia, a Sabedoria. Mack a encontrará em determinado momento para que sua trajetória de vida se transforme completamente. Vale a pena conferir a atuação da atriz brasileira nesse filme!

Inspirado no livro

livro a cabana william young

Capa do livro que vendeu milhões de cópias em todo o mundo

O filme é inspirado no livro A Cabana de autoria do canadense William P. Young.Lançado nos Estados Unidos em 2007, a obra foi publicada no Brasil em 2008 e assim como em todo o mundo, foi um sucesso de vendas.

A repercussão certamente surpreendeu o autor, pois ele escreveu inicialmente para expor seus sentimentos a um seleto grupo de amigos, sem a intenção de publicar e vender o livro. Eles receberam os impressos como um singelo presente de Natal e ninguém poderia imaginar que na verdade estavam ganhando uma verdadeira obra-prima, que em tão pouco tempo estaria na categoria de livro best-seller (mais vendido, em inglês).

Mas isso só aconteceu porque seus amigos emprestaram o livro para outras pessoas, que sequer conheciam Young, mas fizeram questão de elogiá-lo. Com a repercussão tão favorável, o canadense animou-se e resolveu enviar uma cópia para um escritor conhecido que repassou para os produtores de cinema Wayne Jacobsen e Brad Cummings.

Após algumas tentativas frustradas de publicar o livro em editoras norte-americanas, Jacobsen e Cummings criaram uma editora só para lançar A Cabana nos EUA. Resultado: milhões de livros vendidos em todo o mundo! Alguém aí duvida que a dupla mandou muito bem?!

Veja Também

Comentários

Mais Acessados

curta nossa página