Standby, a controversa forma de economizar (ou de gastar!) energia

Já há alguns anos, uma série de dispositivos eletrônicos traz embutida a função stand by, também conhecida como modo de espera. Com ela, os aparelhos reduzem seu funcionamento para não gastar muita energia, mas é como se ficassem em estado de alerta – assim que acionados, os dispositivos são rapidamente ligados para executar a tarefa necessária. É esse o caso de telefones sem fio, fornos micro-ondas, rádios, televisores e uma série de outros eletrodomésticos e eletrônicos. Normalmente, seu funcionamento é indicado por uma pequena luzinha acesa para indicar que estão ligados a energia elétrica.

A vantagem do rápido acionamento de funções, contudo, tem também seus contrapontos – especialistas alegam que manter muitos desses eletrônicos ligados em modo de espera sem necessidade pode ser um dos consideráveis gastos de energia de uma casa. Ainda que eles individualmente gastem pouca energia – cerca de 1 a 4 W por mês – quando somados eles podem efetivamente fazer a diferença na sua conta de luz, fora o impacto ambiental.

Escolha o que manter ligado

Com o movimento global de economia de energia, muitos especialistas sugeriram que todos os eletrodomésticos com função standby fossem mantidos desligados da tomada. A medida, contudo, pode impactar a produtividade do seu dia a dia – um telefone sem fio, por exemplo, precisa estar ligado o tempo todo para receber chamadas. Mantê-lo desconectado da energia seria manter-se também incomunicável. Outros aparelhos que precisam ser deixados em modo de espera são aqueles que funcionam com agendamento, como um gravador de programas de TV, que precisa estar energizado para funcionar na hora programada, ou rádiorelógios, que só despertarão se forem mantidos em stand by.

Assim, vale a pena dar um passeio pela sua residência e avaliar quais são os dispositivos essenciais que precisam ser mantidos na tomada, e arcar com a pequena despesa envolvida. Outra solução é tentar trocar alguns eletrônicos por versões que funcionem com bateria, como rádio-relogios recarregáveis.

Desligue o que não for necessário

Ao nos acostumarmos com a função de stand by, acabamos deixando que outros dispositivos também fiquem ligados na tomada por um período desnecessário, consumindo uma energia que na verdade não utilizarmos.

É o caso dos carregadores que são ‘esquecidos’ ligados no plug, ainda que não estejam recarregando nada, ou dos eletrodomésticos como o microondas, que mantém um relógio digital ligado, ainda que sua cozinha talvez já possua um relógio de parede.

Nesses casos, uma solução interessante e pratica é plugar as tomadas desses dispositivos em filtros de linha que possuem interruptor. Assim, basta apertar o desliga da régua para que todos os dispositivos tenham a conexão com a energia desligadas de forma prática.

Veja Também

Comentários

Mais Acessados

curta nossa página