Placa de vídeo: importância e principais modelos | Blog eGlu

Placa de vídeo: sua importância e principais modelos!

Por

Adriano Camargo

A placa de vídeo é um dos componentes de maior importância quando se fala em usar um computador ou notebook para se divertir com jogos, mas também para a utilização de softwares de edição gráfica.

Ela é a responsável pelo bom desempenho de inúmeras funções, mas com o avanço das placas onboard muitas pessoas ficam em dúvida sobre qual o melhor momento para se investir em uma placa offboard.

Para compreender melhor como funciona, a placa de vídeo, também denominada placa gráfica ou placa aceleradora, pode ser explicada como sendo um computador a parte, pois tem um processador próprio (GPU), além da memória, responsável pela funcionalidade de todo o processamento gráfico. Quanto mais potente for, mais frames por segundo (fps) serão exibidos na tela e uma melhor resolução.

Uma ressalva é que caso o seu computador tenha uma configuração mais antiga e queira investir em uma placa de vídeo, será necessário realizar a troca de outros hardwares do computador. Se necessitar trocar muitos componentes, o melhor a se fazer é realizar a compra completa de um PC.

placa vídeo importância modelos

O componente que administra e controla as funções de exibição de vídeo na tela

Qual sua necessidade?

Antes de comprar a placa de vídeo é necessário saber sobre o perfil do usuário e qual o objetivo de uso da máquina. Caso tenha em mente apenas a navegação pela internet, fazer tarefas básicas, assistir vídeos, entre outras funcionalidades simples, uma placa onboard, que vem junto ao computador, já resolve.

Até mesmo alguns jogos mais leves tem na placa onboard uma excelente alternativa. Entre as opções de modelos da Intel, podemos citar a linha HD Graphics, enquanto que a AMD possui a GPU integrada das APUs.

Agora, caso tenha a intenção de dar um salto de qualidade visual com uma experiência diferenciada, principalmente em jogos mais pesados ou para a renderização de vídeos e edição de imagens, é melhor partir para a placa de vídeo. Seja para o PC ou mesmo um notebook gamer.

As gigantes do mercado!

Ao decidir partir para uma placa offboard iremos enfrentar outro dilema, qual escolher? Sabendo que o mercado possui duas gigantes no assunto: a Geforce e a Radeon. Como são representadas por muitos “números e letras”, vamos explicar melhor esse universo próprio e facilitar a compra de sua placa de vídeo.

placa vídeo geforce gtx 1050

Você merece jogar de um jeito incrível! Crédito: Nvidia

Geforce GTX 1050

Com uma boa performance para os jogos online, a Geforce GTX 1050 pode ser considerada a placa de entrada para o universo offboard. Para quem está querendo um computador mais casual, ela garante uma boa velocidade em jogos como League of Legends, Fortnite e Overwatch, não exigindo muito do PC. Pode rodar títulos em Full HD 1080p com as configurações de vídeos indicado em médio ou baixo. Sua tecnologia G-Sync sincroniza o monitor com a GPU evitando erros entre os componentes.

Memória dedicada: 2GB GDDR5

Geforce GTX 1050Ti

Investindo um pouco mais, a Geforce GTX 1050Ti tem uma performance um pouco melhor que a GTX 1050. Útil para gabinetes mais compactos e que não requer muita atenção quanto ao aquecimento, ela roda games como GTA V e Battlefield 1 com bom desempenho.

Memória dedicada: 4GB GDDR5

placa vídeo geforce gtx 1060

Desempenho fenomenal com uma definição mais aperfeiçoada. Crédito: Nvidia

Geforce GTX 1060

Para um desempenho mais avançado, uma boa opção é a Geforce GTX 1060 que pode ter 3GB ou 6GB de memória dedicada. Um bom custo benefício para PCs intermediários. Roda tranquilamente jogos mais atuais com taxas superiores a 100 frames por segundo em Full HD. Isso resulta em uma jogabilidade fluida e sem lags.

Memória dedicada: 3GB GDDR5 ou 6GB GDDR5

Geforce GTX 1070

Com alto desempenho, a Geforce GTX 1070 é uma das melhores placas de vídeo da atualidade. Um hardware com performance gráfica avançada e indicada para ser utilizada em conjunto de um PC com componentes de mesma envergadura, como um processador Core i7 e um monitor Ultrawide. Roda tranquilamente os jogos, mesmo estando com as configurações de vídeo no máximo.

Memória dedicada: 8GB GDDR5

placa vídeo AMD Radeon RX 560

Uma exibição pronta para o futuro. Crédito: AMD

AMD RX 560

Considerada uma concorrente da GTX 1050, a Radeon RX 560, da AMD tem como principal diferença um modelo com 4 GB de memória dedicada, algo que representa maior capacidade de processamento e um desempenho mais equilibrado. Ao combiná-la junto a um processador intermediário, será possível editar vídeos em Full HD (1080p) sem perder muito tempo. Possui tecnologia AMD FreeSync, semelhante a G-Sync da Nvidia. Nesse caso, vale a pena verificar um monitor compatível.

Memória dedicada: 2GB GDDR5 ou 4GB GDDR5

AMD RX 570

Com desempenho 30% superior a GTX 1050Ti, a Radeon RX 570 é indicada para ser utilizada junto a um monitor Full HD e um processador nível intermediário (Ryzen 3 ou Core i5 7400), para tarefas mais complexas. Roda jogos com maior fluidez, sem quedas de frames ou as famosas “travadas”, que atrapalham durante as partidas.

Memória dedicada: 4GB GDDR5

placa vídeo AMD Radeon RX 580

Um desempenho incrível que vai além dos jogos. Crédito: AMD

AMD RX 580

Considerada a melhor placa de vídeo da AMD no Brasil, a Radeon RX 580 é a melhor opção para quem tem um monitor com a tecnologia FreeSync evitando problemas de sincronia. Ótima para quem pretende ter um PC poderoso em todos os sentidos. Indicada para ser usada desde os games mais avançados como aos profissionais que utilizam software de edição e necessitam uma agilidade de processamento.

Memória dedicada: 8GB GDDR5

Aproveite nossas dicas e escolha a melhor opção de placa de vídeo conforme a sua necessidade e descomplique seu computador ou notebook com o Pontofrio!

Veja Também

Comentários

Mais Acessados

curta nossa página