Conheça todas as novidades do novo Windows 10

Conheça todas as novidades do novo Windows 10

O Windows 10 chegou e está mais bonito, teve alguns dos recursos introduzidos na versão 8 aprimorados e repensados após sugestão de seus usuários. Hoje, está maduro o suficiente para ser o seu novo sistema operacional.

Se você ainda não atualizou, pode baixar o Windows 10 de graça a partir da página oficial da Microsoft (acesse aqui, a atualização é grátis para uso pessoal). Se já atualizou, já deve ter sentido algumas das principais diferenças, outras estão por ser descobertas.

Relataremos aqui para você um pouco do que surgiu, o que mudou e como a sua experiência com o novo sistema pode ser melhor. Confira!

A volta do menu Iniciar

a_iniciar-1

Quando o Windows 8 chegou, ele levou embora o menu Iniciar, o que gerou reclamações, afinal ele já estava presente há décadas, desde o lançamento do Windows 95. Mas para quem sentiu falta do menu Iniciar, a Microsoft tem uma boa notícia: ele está de volta no Windows 10.

Mas se você já tinha se acostumado com a interface dos blocos dinâmicos da tela Iniciar do Windows 8, também não vai ficar chateado. A Microsoft juntou os dois em um só botão, acessível na área de trabalho. O resultado ficou bacana.

Um clique e o botão abre um menu parecido com o antigo Iniciar do lado esquerdo e, do direito, os blocos dinâmicos. Você pode inclusive ampliar a área dos blocos dinâmicos caso sinta necessidade: é só clicar no canto direito, segurar e arrastar.

Do lado esquerdo você ainda vê os aplicativos mais utilizados e os recentemente instalados. E os blocos dinâmicos da direita, assim como no Windows 8 ou no Windows Phone, podem ser reordenados, adicionados ou excluídos, ou mesmo terem seus tamanhos modificados de acordo com a sua vontade.

Nova caixa de pesquisa

A pesquisa, que no Windows 8 ficava na tela Iniciar, foi trazida à barra de tarefas, ao lado do botão Iniciar. Você pode digitar o nome de um aplicativo para iniciá-lo pela lista, escrever um termo para pesquisá-lo na web via Bing ou encontrar arquivos em seu computador.

Clicando nesta barra é possível acessar suas configurações e também outro recurso importante do Windows 10 que, por enquanto, não está disponível para os brasileiros: o Cortana. Este assistente de voz está pronto em outros idiomas, mas só deve chegar ao Brasil no fim do ano.

Outra opção para utilizar o Cortana seria mudar o idioma do Windows, mas isso não é recomendado. Primeiro pela barreira de outra língua, segundo porque isso atrapalharia o uso de outros recursos como, por exemplo, a loja de aplicativos do Windows.

Visão de tarefas

Outro recurso bacana é o alternador de tarefas que fica ao lado da área de notificações. Ele é inédito no Windows, mas se parece bastante com o Mission Control, do concorrente Mac OS X. Um clique sobre este item e ele mostra as miniaturas de cada janela aberta, com o título da aplicação e arquivo aberto. Clique sobre a desejada e a janela será trazida à frente.

Na visão de tarefas também é possível criar novas áreas de trabalho virtuais. Isto pode ser muito útil, seja para separar seu trabalho da distração de seus comunicadores e redes sociais, ou para setorizar o tipo de tarefas e não atrapalhar o rendimento, por exemplo.

Um jeito rápido de alternar entre estes espaços é segurando a tecla Windows + CTRL e pressionando as setinhas para esquerda ou direita do teclado.

Redimensionar janelas

Redimensionar janelas também ficou melhor. Um recurso simples e muito bem pensado foi acrescentado. Você arrasta a janela até um dos cantos laterais e, na outra parte vaga o Windows 10 mostra quais as outras janelas que estão abertas em uma espécie de visão de tarefas. Clique na desejada e ela tomará o espaço restante da tela.

Além disso, é possível, pelos cantos ou pelo teclado, redimensionar rapidamente uma janela ativa para que ocupe uma parte da tela, tornando o trabalho com janelas em monitores grandes muito mais fácil.

Nova bandeja do sistema

Ao lado do relógio existe o que é chamado pelo Windows de bandeja do sistema. Ela traz os ícones residentes de alguns aplicativos que ficam rodando em segundo plano. O que muda no Windows 10 é a forma de apresentar alguns destes itens.

Ao clicar no ícone da bateria, por exemplo, é possível ativar rapidamente o modo avião e com um clique no ícone do Wi-Fi você vê as redes existentes e pode mudar rapidamente o brilho ou ativar a economia de bateria.

Central de ações

Os alertas não são exclusivos dos celulares e portáteis, sempre existiram nos sistemas operacionais. No Windows 10 os alertas do sistema foram centralizados em uma Central de Ações bem parecida com a do Windows Phone.

Ao lado do relógio fica um ícone de balãozinho que ao ser clicado abre a lista com as últimas notificações recebidas pelo sistema. Assim, mesmo que você tenha deixado o computador ligado e a notificação tenha passado, você poderá acessar a lista de alertas recentes.

O novo navegador Edge

g_edge-1

O fim do Internet Explorer foi um dos anúncios do Windows 10 que teve bastante repercussão mesmo antes de seu lançamento. A ideia era que o IE sairia de cena e o Edge subiria ao palco. Esta mudança começou a acontecer, mas os dois continuam lá no sistema.

O Edge é o novo padrão e tem um ícone dedicado na barra de tarefas, além de ser o navegador aberto quando algo é buscado no sistema. Mas basta pesquisar por Internet Explorer e ele ainda está lá, uma vez que há serviços que ainda depende de recurso que dependem do antigo navegador.

Mas a novidade mostra, sim, que um dia o Internet Explorer deixará de existir. O futuro do Edge parece promissor, já que o navegador traz a simplicidade de um bom navegador aliada a recursos diferentes. A “capa” do aplicativo traz informações personalizadas, de notícias à agenda do campeonato de futebol, passando pela previsão do tempo.

A barra de ferramentas é simples: traz um ícone de favoritos, um de configurações e um botão que invoca um recurso de anotações, que a gente ainda não tinha visto em outros navegadores. Entre em qualquer página como, por exemplo, a de uma notícia, clique no ícone da folha com o lápis e a barra de ferramentas muda de cor e de botões.

Você poderá realçar trechos com uma caneta marca textos virtual, desenhar sobre a página ou mesmo acrescentar comentários digitados. É claro que, quando esta ferramenta é ativada, a página não está sendo modificada, mas uma captura dela é criada momentaneamente e, depois de editada, pode ser salva no OneNote ou compartilhada.

Novo painel de controles

h_configuracoes-1A outra mudança feita foi no Painel de Controles, que agora se chama Configurações e trouxe uma alteração visual buscando uma interface mais “clean” e direta ao ponto.

Pesquise, por exemplo, impressora e ele trará todos os itens que possuem alguma relação com a palavra, o que facilita localizar configurações específicas sem precisar ficar navegando em menu por menu até encontrar.

Outras mudanças

Citamos as mudanças mais impactantes do novo sistema operacional da Microsoft, mas há diversas outras novidades, como por exemplo a integração com smartphones e os chamados “aplicativos universais”, que funcionarão em computadores, tablets Windows e Windows Phones.

Há também um estilo repensado para aparelhos 2 em 1, que muda ligeiramente a interface quando você escolhe Modo Tablet, para aproveitar a interface sensível ao toque destes aparelhos e que mostra o cuidado da Microsoft com as novas tendências.

A Microsoft investiu, também, na recriação do DirectX, que chega ao Windows 10 na versão 12. O DirectX é o motor para gráficos do Windows e que foi apresentado quando o Windows 95 chegou, e é uma das grandes contribuições da Microsoft ao mercado de games de PC.

O Windows 10 chegou para ficar. Certamente, conheceremos muitas novidades. O Cortana, por exemplo, deve chamar bastante atenção e provavelmente renderia um texto só dele, visto que é uma das grandes apostas da empresa para o computador e nas versões internacionais já tem tido boas respostas.

E você, instalou o Windows 10? Quais seus recursos preferidos?

Veja Também

Comentários

Mais Acessados

curta nossa página