Como funciona a nova etiquetagem de pneus? | Blog eGlu

Nova etiquetagem de pneus: entenda como funciona e saiba como ler

Por

Samadi Coelho

pneus etiqueta adesivo carro aro informações compra

Entenda tudo sobre a obrigatoriedade da etiquetagem de pneus

Você sabia que a etiquetagem de pneus já está sendo obrigatória? Como assim? Agora o pneu receberá etiqueta de eficiência igual à dos eletrodomésticos e eletrônicos? Também fiz essa mesma pergunta quando fui comprar os pneus para o meu carro e ouvi a seguinte resposta: desde o último trimestre de 2016, todos os pneus para automóveis de passeio, SUV´s, caminhonetes e pick-ups são obrigados a ter um rótulo com algumas informações de segurança: resistência ao rolamento, aderência ao piso e ruído externo.

O Programa de Etiquetagem de Pneus foi criado para sanar as principais dúvidas do cliente final e ajudá-lo a fazer uma compra mais segura. Vem com a gente aprender tudo sobre o programa e entenda as classificações da etiqueta.

O que é o programa de etiquetagem de pneus?

O Programa Brasileiro de Etiquetagem de Pneus, regulamentado pela Portaria 544/12 do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), foi elaborado para regularizar a produção e importação de pneus no mercado brasileiro.

O PBE já está valendo e, desde o último trimestre de 2016, todos os pneus fabricados ou importados para o Brasil precisam obrigatoriamente ter as etiquetas com as informações sobre a resistência ao rolamento, aderência ao piso molhado e nível de ruídos.

Esse adesivo, semelhante aos selos já utilizados nos eletrodomésticos, visa mostrar aos consumidores as vantagens e desvantagens de cada produto, além de servir como mais um elemento de informação confiável que irá ajudá-lo na sua decisão de compra.

A etiqueta fica localizada na banda de rodagem dos pneus radiais dos carros, pick-ups, SUV´s, vans, caminhões, ônibus e caminhonetes.

A responsabilidade pela implantação do programa não é somente dos fabricantes e importadores de pneus, mas também dos revendedores e distribuidores, esses devem garantir que todos os produtos estejam etiquetados.

pneus etiqueta segurança eficiência resistência aderência ruído

Rótulo adesivo com três critérios de segurança para o pneu do seu carro

O que significam os elementos da etiqueta?

  1. 1. Resistência ao rolamento
  2. 2. Aderência ao molhado
  3. 3. Nível de ruído externo

Os dois primeiros critérios são classificados em uma escala representada pelas letras de A a G, sendo que A é o mais eficiente e G o menos eficiente. Já o nível de ruído será definido por uma graduação de 3 posições: quanto menor o nível, mais silencioso é o pneu.

O e-Glu vai explicar o que cada classificação significa. Desse modo, vai ficar muito mais fácil escolher um pneu. Bora lá!

Resistência ao rolamento

pneu etiqueta resistência rolamento eficiência combustível

Pneus com classificação A em resistência ao rolamento consomem menos combustível

Esse critério indica a força contrária à rotação do pneu, sendo influenciada pelo desenho e banda de rodagem. A resistência ao rolamento está diretamente relacionada à eficiência energética, ou seja, um pneu com baixa resistência é mais eficiente em termos de economia combustível, pois precisa de menos energia para rodar.

Vou tentar explicar melhor: quanto menor for a resistência do pneu ao rolamento, menor será o consumo de combustível e, consequentemente, menor será o impacto ao meio ambiente (emissões de gases poluentes).

Até 20% do consumo de combustível do veículo está relacionado com a resistência ao rolamento. Um pneu que roda facilmente necessita de menos combustível, uma vez que desperdiçará menos energia em atrito e calor.

Na etiqueta, os pneus estão classificados em até 6 níveis, sendo A o mais eficiente e F aquele menos eficiente. Então, se você percorrer em média 15 mil km por ano e tiver um pneu de categoria G (pior classificação), irá desperdiçar mais de 22 litros de combustível em comparação a um pneu com classificação A.

Aderência ao piso molhado

pneu aderência piso molhado chuva frenagem atrito

Níveis elevados de aderência ao piso molhado oferecem segurança no trânsito

O pneu deve fornecer segurança em todas as condições, por esse motivo, é de vital importância esse critério que mede a capacidade de aderência ao piso molhado, resultando em mais segurança para trafegar na chuva, maior eficiência para frenagens a distâncias mais curtas, melhor dirigibilidade e maior estabilidade em curvas.

A etiqueta é apresentada numa escala de 7 posições, em que os pneus com classificação A fornecem os níveis mais elevados de aderência ao piso molhado, enquanto a qualificação G representa o índice mais baixo.

Essa classificação impacta na distância percorrida pelo veículo em pista molhada após a frenagem. Vamos simplificar: um conjunto de pneus com avaliação A, no critério de aderência ao chão molhado, proporciona uma distância de travagem até 30% mais curta em relação aos pneus com classificação F.

Importante lembrar que independentemente dos pneus escolhidos, deve-se sempre respeitar as distâncias de frenagem recomendadas durante a condução.

Nível de ruído externo

pneu ruído externo som ambiente silencioso

Boa classificação de ruído externo do pneu reduz o impacto ao meio ambiente

Você sabia que parte do ruído de um veículo é gerado pelos pneus? Por isso, comprá-los com boa classificação de ruído irá reduzir o impacto da sua condução no meio ambiente, além de oferecer conforto para o motorista e os passageiros.

Esse som emitido externamente pelos pneus durante o deslocamento é medido em decibéis (db). A etiqueta mostra uma graduação na qual uma onda representa o pneu mais silencioso e três ondas apontam o pneu com níveis de ruído mais elevados e menos eficiente.

No rótulo adesivo, quanto menos ondas estiverem pintadas de preto, mais silencioso é o pneu. Os ícones de ondas de som indicam se o ruído do pneu se situa abaixo ou acima dos limites europeus:

  1. – 1 onda preta: silencioso (abaixo de 69dB)
  2. – 2 ondas pretas: moderado (entre 69dB a 72dB)
  3. – 3 ondas pretas: ruidoso (acima de 72dB – os carros de passeio não pode ultrapassar os 75db)

Na hora de comprar um pneu, preste atenção nas notas de classificação para cada critério, elas vão do A ao G. Importante ressaltar que a classificação F não quer dizer que o pneu seja ruim como um todo. Um pneu esportivo, por exemplo, precisa de aderência no asfalto e irá consumir mais combustível.

Escolher o pneu certo requer atenção e algum conhecimento para fazer um bom negócio. Você já reparou que eles vêm com vários números e letras na lateral? Vamos entender um pouquinho como ler essas outras informações e saber qual é o pneu adequado ao seu carro.

Como comprar o pneu certo?

Entre os itens de segurança mais importantes de um carro estão os pneus, eles oferecem estabilidade ao veículo, suportam o peso e sua carga. Por isso, é muito importante saber qual é o mais adequado para o tipo do seu carro.

A maioria dos carros médios utiliza os pneus de aro 14 a 16 polegadas, o que torna os veículos mais silenciosos. Os pneus de aro 17 até o 20 são maiores e destinados aos carros de alta performance, garantindo melhor desempenho e velocidades superiores, principalmente aos carros esportivos. Já os pneus de aro 20 a 22 polegadas são para veículos utilitários e pick-ups.

No mercado, existem dois tipos de rodas: as de ferro e as de liga leve. Especialistas afirmam que as rodas de liga leve geralmente são mais bonitas e mais caras do que as de ferro, mas ambas são projetadas para aguentar a rodagem e os solavancos de estradas ruins.

As rodas de ferro ou aço são mais resistentes para fortes pancadas e indicadas para os carros de passeio. Já as rodas de liga leve ou rodas esportivas são mais bonitas e leves; por isso, é normal serem encontradas em carros esportivos e SUV´s.

pneu medidas letras números roda liga leve

Conheça outras informações indispensáveis para a compra adequada do seu pneu

Afinal, o que significam os vários números e letras fixados na lateral de um pneu? Esses dados são as medidas e padrões que explicam detalhadamente o seu propósito e limites. Vamos usar o desenho acima como exemplo: 195/55R 16 87V

    1- A medida 195mm é a largura do pneu em milímetro. Essa parte da borracha em contato com o solo chama-se banda de rodagem;
    2- A indicação 55 é um índice obtido pela divisão da largura pela altura do pneu, ou seja, quanto menor for esse número, mais baixo será o seu perfil;
    3- O R é o radial, indicando que o pneu tem construção radial;
    4- O número 16 representa o diâmetro interno do pneu (aro) em polegadas;
    5- O índice 87 é o peso máximo (em quilos) que o pneu pode suportar;
    6- A letra V representa o índice de velocidade máxima que o pneu suporta.

A escolha do pneu certo para o carro é tão importante quanto a do combustível que usamos. Pneus adequados e bem conservados são fundamentais para a segurança de todos que estão no trânsito. Pense nisso e boa compra!

Veja Também

Comentários

Mais Acessados

curta nossa página