ÚLTIMAS DICAS

Brinquedos

Hot Toys anuncia action figure do filme De Volta para o Futuro

Hot-Toys-Back-to-the-Future-Marty-McFly-001

Um dos personagens mais carismáticos da década de 80, o viajante do tempo Marty McFly, virou action figure pelas mãos sensacionais do pessoal da Hot Toys.

Ainda em pré-venda internacional, o colecionável do jovem da série De Volta para o Futuro traz acessórios como o skate, a câmera de mão, mochila, jornal e um walkman (sim, o filme é da época dos toca-fitas portáteis!). Ainda não existe uma data oficial para o lançamento nem o preço final do produto.

Bora entrar na máquina do tempo e trazer um boneco desse pro E-Glu?

Dá uma olhadinha nas outras fotos do set:

This slideshow requires JavaScript.

 

Eletrônicos

Netflix chega a 50 milhões de assinantes no mundo todo

Netflix

Quem duvidava do sucesso de Netflix vai ficar de queixo caído. O serviço de streaming de filmes chegou a 50 milhões de assinantes. Apesar de mais da metade (36 milhões) estar nos Estados Unidos, o site está ganhando força no resto do mundo, inclusive no Brasil. Além de Smart TVs e computadores, o Netflix pode ser acessado por tablets, smartphones e videogames. Ah.. não podemos esquecer do Chromecast.

Telefones e Celulares

Qual o melhor serviço de streaming de música? Episódio de hoje: Deezer

deezer-tudo-sobre

Música em qualquer lugar: Deezer

Nas últimas duas décadas, a forma com que consumimos música passou por uma de suas principais revoluções com a ajuda da internet. Da digitalização e compressão de faixas, passando pela distribuição online e compartilhamento, até chegar ao streaming bastou pouco tempo.

Surgiram aplicativos e serviços de compra de canções, mas com serviços de banda larga cada vez mais velozes, veio mais um passo importante: a transmissão de músicas online. É sobre essa revolução que trata a nossa série especial.

Já falamos sobre o Rdio, um dos primeiros grandes serviços a aportar no Brasil com esse objetivo. Agora é a vez de abordar o Deezer e, em nosso próximo artigo, falaremos do Spotify, que está chegando ao Brasil com força total.
Leia mais

Telefones e Celulares

Qual o melhor serviço de streaming de música? Episódio de hoje: Rdio

rdio-qual-e-melhor

Música de bolso, na nuvem

Parece que já faz um século desde que a Sony trouxe ao mundo o Walkman e mudou a forma como escutávamos música. Naquela época, um público de todas as idades – jovens, adultos, crianças – criou o saudável hábito de escutar mais música. Em fitas cassete (ou fitas K7, como eram grafadas), colocávamos a trilha sonora de nossos dias.

A tecnologia evoluiu. Veio o CD, veio o MP3 e o mercado foi amadurecendo. As gravadoras tiveram que rebolar para encontrar novamente seu lugar ao sol. E justamente quando parecia não haver mais para onde ir, a evolução mudou de rumo e caminhou para um lugar inevitável: a nuvem.

Serviços na nuvem permitem que você não precise comprar centenas de discos. E melhor: sem que você tenha que recorrer ao download não autorizado de canções, a chamada pirataria, que além de ilegal pode ser bastante prejudicial ao seu computador. Foi aí que surgiram serviços como o Rdio, o Deezer e o Spotify – esse último um gigante americano que está conquistando, aos pouquinhos, o público nacional. Funcionam de forma gratuita com anúncios – ou paga, como uma mensalidade de TV a cabo e dão acesso a uma vasta discoteca.

Como nós adoramos música, vamos aproveitar para explorar nesse espaço cada um desses serviços em um artigo semanal. Começaremos pelo Rdio, o primeiro a nos conquistar, e abordaremos os pontos mais legais de cada rede. Mas, antes de começar, vamos esclarecer: esses serviços são adicionais: não substituem a compra dos seus discos favoritos, aqueles que a gente quer ter na estante.
Leia mais

Brinquedos

Furby Boom – Baixe grátis o aplicativo e conheça tudo sobre o novo Furby

pelucia-interativa-furby-boom-sunny-hasbro-1

Furby Boom – O seu robô de pelúcia

Não se engane: ainda que o Furby seja uma pelúcia fofa, ele é muito mais do que um brinquedo. O robô da Hasbro é interativo e ensina crianças a cuidarem do bichinho. Agora, chega às lojas o Furby Boom, ainda mais esperto do que a sua versão anterior. Conheça as novidades!

Com filhotes e idioma próprio – Baixe Grátis o aplicativo

Dessa vez, o Furby não está sozinho: com o aplicativo que você baixa gratuitamente nas lojas virtuais App Store ou Google Play em seu smartphone ou tablet, o Furby pode procriar e ter filhotes virtuais. Os furblings são chocados no aplicativo e, depois que nascerem, você pode dar nomes a eles.

O Furby Boom possui a sua própria linguagem – o Furbish, com um repertório maior de perguntas e respostas.

Personalidade

Sem dúvida, aquilo que é mais legal nessa pelúcia interativa é o fato de que a sua personalidade vai sendo moldada conforme o tempo e o tratamento que você dá a ela. Portanto, o seu Furby vai ter a sua cara! Se você tratá-lo de maneira dócil e carinhosa, assim ele será. Se for mais ligado à música, ele vai ser um Furby musical. Se você for uma pessoa agitada, o seu Furby será elétrico. Mal humorado? Ele será um bichinho um pouquinho mais ranzinza!

Responsabilidade

furby-boom-2

Brincando, as crianças vão aprender a ter noções de responsabilidade porque será preciso atender às necessidades de higiene, saúde, carinho e alimentação do Furby Boom. O aplicativo indica o nível de situações que precisam ser realizadas para que o bichinho fique feliz e satisfeito. Você também pode alimentá-lo colocando o dedo em sua boca!

Mas dá para ir além disso: com um raio-x virtual, você pode ver se ele precisa de algo mais!

Assim como todo bichinho de estimação, o Furby Boom gosta de atenção e diversão! Ele morre de cócegas e adora ser colocado de cabeça para baixo.

Para todos

Se você ainda não tem um smartphone, não se preocupe: o aplicativo facilita a brincadeira, mas não é indispensável.

O Furby Boom funciona perfeitamente sem o aplicativo. Ele é atóxico e indicado para crianças a partir de seis anos, mas funciona também como um excelente presente para crianças maiores, adolescentes e – por que não? – adultos que não perderam a capacidade de se divertir!

Conheça todas as opções de Furby Boom no Pontofrio.com

DVDs e Blu-Ray

30 anos de “Os Caça-Fantasmas”. Confira como estão os atores atualmente

Quem você irá chamar? Ghostbusters!

caca-fantasmas

Você se lembra do filme Os Caça-Fantasmas? Aquele em que professores universitários se vêem desempregados e montam uma empresa para estudar casos sobrenaturais? Pois se você se lembra, temos duas notícias: uma boa e uma má. A má notícia é que você está ficando velhinho! A boa é que você tem uma excelente memória!

Isso porque em 2014 o filme completa 30 anos! Isso mesmo, faz 30 anos que Ghostbusters, o nome original do filme, foi lançado nos cinemas norte-americanos. Agora, se você nunca ouviu falar nesse clássico, leia esse artigo e não perca tempo! Assista a um dos melhores filmes dos anos 1980.

Como estão os atores?

This slideshow requires JavaScript.

Os caçadores

Tudo começou na cabeça do ator e escritor Dan Aykroyd, que é apaixonado pela paranormalidade. Junto com Harold Ramis (falecido em fevereiro de 2014), ele escreveu o roteiro do filme. Os dois também atuaram na obra e, junto com Bill Murray, formaram o time de caçadores de fantasmas. Quando escreveram o roteiro, Aykroyd e Ramis pensaram em três atores para o filme: John Belushi, Eddie Murphy e John Candy. Belushi morreu enquanto eles finalizavam o roteiro e os outros dois atores não estavam disponíveis naquele ano.

Mas o time formado junto com Bill Murray fez muito sucesso e, naquele ano, “Os Caça-Fantasmas” só perderam em bilheteria para outro clássico: “Um Tira da Pesada”. Arrecadaram 291 milhões de dólares.

Além da aceitação de público e de críticos, o filme foi indicado ao Oscar nas categorias de melhores efeitos visuais e melhor canção original, e ao Globo de Ouro nas categorias de melhor filme, melhor canção original e melhor atuação de ator em cinema para o Bill Murray.

O sucesso do filme rendeu uma continuação, Os Caça-fantasmas II que faturou 215 milhões de dólares nas bilheterias do mundo todo.

Um terceiro filme foi prometido, mas até o momento nada foi confirmado.

Para comemorar os 30 anos, o filme foi totalmente remasterizado e será relançado nos cinemas americanos em agosto e chegará logo depois em Blu-ray.

Música premiada

A trilha sonora foi indicada aos principais prêmios do cinema porque realmente não há quem tenha nascido ou vivido nos anos 1980 sem lembrar do “Who you gonna call? Ghostbusters!”. A música original do filme foi número um na Billboard durante três semanas. O compositor da canção é Elmer Bernstein e a interpretação para o filme ficou por conta de Ray Parker Jr.

Ficou com vontade de rever ou de conhecer esse sucesso? Faça a pipoca e divirta-se!